Gerações de Computadores

Primeira Geração: Circuitos eletrônicos e válvulas • Uso restrito • Precisava ser reprogramado a cada tarefa • Grande consumo de energia • Problemas devido à muito aquecimento. Foi iniciado em 1943, mas somente em 1946 surgiu o ENIAC – Eletronic Numerical Interpreter and Calculator, ou seja, “Computador e Integrador Numérico Eletrônico”, realmente um computador projetado para fins militares, pelo Departamento de Material de Guerra do Exército dos EUA, na Universidade de Pensilvânia. Era o primeiro computador digital eletrônico de grande escala e foi projetado por John W. Mauchly e J. Presper Eckert (que era um gênio em engenharia, pois quando tinha apenas 8 anos construiu um rádio a cristal e colocou-o num lápis). O ENIAC tinhas as seguintes características: • totalmente eletrônico • 17.468 válvulas • 500.000 conexões de solda • 30 toneladas de peso • 180 m² de área construída • 5,5 m de altura • 25 m de comprimento • realizava uma soma em 0,0002 s • realizava uma multiplicação em 0,005 s com números de 10 dígitos.

Só que o ENIAC tinha um grande problema: por causa do número tão grande de válvulas, operando à taxa de 100.000 pulsos por segundo, havia 1,7 bilhão de chances a cada segundo de que uma válvula falhasse, além da grande tendência de super-aquecer-se. Pois as válvulas liberavam tanto calor, que mesmo com os ventiladores a temperatura ambiente subia, às vezes, até 67°C. Então Eckert, aproveitou a ideia utilizada em órgãos eletrônicos, fazendo com que as válvulas funcionassem sob uma tensão menor que a necessária, reduzindo assim as falhas a 1 ou 2 por semana. O ENIAC foi desativado em 2 de Outubro de 1955.

O sucessor do ENIAC foi o EDVAC – Eletronic Discrete Variable Computer ou “Computador Eletrônico de Variáveis Discretas”. O EDVAC foi planejado para acelerar o trabalho armazenando tanto programas quanto dados em sua expansão de memória interna. Os dados, então, eram armazenados eletronicamente num meio material composto de um tubo cheio de mercúrio, conhecido como linha de retardo, onde os cristais dentro do tubo geravam pulsos eletrônicos que se refletiam para frente e para trás, tão lentamente quanto podiam, de fato a reter a informação, semelhante a um desfiladeiro que retém um eco, que Eckert descobriu por acaso ao trabalhar com radar. No ano de 1947, John Bardeen, William Shockley e Walter Brattain inventam o TRANSISTOR. E em 1951, surge o primeiro computador comercial o LEO.
Segunda Geração:

Em 1952, a Bell Laboratories inventou o Transistor que passou a ser um componente básico na construção de computadores e apresentava as seguintes vantagens: • aquecimento mínimo • pequeno consumo de energia • mais confiável e veloz do que as válvulas

No mesmo ano, John Mauchly e Presper Eckert abriram sua própria firma na Filadélfia e criaram o UNIVAC – Universal Automatic Computer, ou seja, “Computador Automático Universal”, o qual era destinado ao uso comercial. Era uma máquina eletrônica de programa armazenado que recebia instruções de uma fita magnética de alta velocidade ao invés dos cartões perfurados. O UNIVAC foi utilizado para prever os resultados de uma eleição presidencial.

Também em 1952, Grace Hopper transformou-se em uma pioneira no processamento de dados, pois criou o primeiro compilador e ajudou a desenvolver duas linguagens de programação que tornaram os computadores mais atrativos para comércio. Conclui-se em 1955, o primeiro computador transistorizado, feito pela Bell Laboratories: o TRADIC, o qual possuía 800 transistores, sendo cada um em seu próprio recipiente.
Terceira Geração:

De 1958 a 1959, Robert Noyce, Jean Hoerni, Jack Kilby e Kurt Lehovec participam do desenvolvimento do CI – Circuito Integrado.

Em 1960, a IBM lança o IBM/360, cuja série marcou uma nova tendência na construção de computadores com o uso de CI, ou pastilhas, que ficaram conhecidas como chips. Esses chips incorporavam, numa unica peça de dimensões reduzidas, varias dezenas de transistores ja interligados, formando circuitos eletrônicos complexos. Logo após, em 1975, os estudantes William (Bill) Gates e Paul Allen criam o primeiro software para microcomputador, o qual era uma adaptação do BASIC (Beginners All-Purpose Symbolic Instruction Code, ou “Código de Instruções Simbólicas para todos os Propósitos dos Principiantes”) para o ALTAIR. Anos mais tarde, Gates e Allen fundaram a Microsoft, uma das mais bem sucedidas companhias de software para microcomputadores. No ano de 1977, surge no mercado de produção em série, três microcomputadores: o Apple II, o TRS-80 da Radio Shack e o PET da Commodore. Em 1979, é lançado pela Software Arts o “VisiCalc”, o qual foi o primeiro programa comercial para microcomputadores.
Quarta Geração:

Na década de 80, foi criado o IC LSI – Integratede Circuit Large Scale Integration, ou seja, “Circuito Integrado em Larga Escala de Integração”, onde foram desenvolvidas técnicas para se aumentar cada vez mais o número de componentes no mesmo circuito integrado. Alguns tipos de IC LSI incorporavam até 300.000 componentes em uma única pastilha. Finalmente, em 1981, a IBM resolve entrar no mercado de microcomputadores com o IBM-PC. Em 1979 a Motorola cria seu chip 68000 cujos detalhes são: • um dos chips de 16 bits mais poderosos e versáteis • executa multiplicação com uma única operação em vez de realizá-la pela repetição de adições • 70.000 componentes • multiplica 2 números de 16 bits em 3,3 milionésimos de segundo. Após isso a HP cria seu chip em 1981: • primeiro microprocessador de 32 bits • seu projeto durou 18 meses • 450.000 componentes • multiplica 2 números de 32 bits em 1,8 milionésimos de segundo

Quinta Geração:

Os computadores de Quinta Geração têm como característica o uso de “Circuitos Integrados em uma Escala Muito Maior de Integração”.

Os “chips” vêm diminuindo tanto de tamanho, fazendo com que seja possível a criação de computadores cada vez menores, como é o caso da microminiaturização do microprocessador F-100, que mede somente 0,6 cm quadrados e é pequeno o suficiente para passar pelo buraco de uma agulha!

O primeiro supercomputador, de fato, surgiu no final de 1975. As aplicações para eles são muito especiais e incluem laboratórios e centro de pesquisa aeroespacial como a NASA, empresas de altíssima tecnologia, produção de efeitos e imagens computadorizadas de alta qualidade, entre outros. Eles são os mais poderosos, mais rápidos e de maior custo.

Computadores Atuais

Com o passar dos anos e com o avanço tecnológico mundial tudo se modifica, principalmente os computadores. É caso notável o quanto os computadores evoluíram nos últimos anos, tanto interna quanto externamente. Aos poucos os computadores vão mostrando suas evoluções e novas funcionalidades para o mundo. Com mais memória possibilitando ao usuário guardar mais arquivos, com novos programas proporcionando mais diversão e praticidade, mais velocidade na execução de certas tarefas, mais sofisticação com novas modernidades, design moderno e diferente, mais slim, cores diferenciadas, e o mais impressionante de tudo é que atualmente alguns computadores dispensam o uso de teclados e mouses para o funcionamento, hoje em dia já é possível entrar na internet, acessar jogos, mover arquivos, ligar e desligar o computador tudo pela tela com a tecnologia touch screen, é possível também através do computador com certos programas realizar ligações para outro computador de curta ou longa distância. A cada mês que passa os fabricantes investem mais na produção de computadores, e estes são produzidos com mais tecnologia e surpreende mais os consumidores.

Fonte: Wikipedia

About these ads